tv   / Bastidores

Sandy revela curiosidades dos bastidores de 'Sandy + Chef'

Sandy lança seu programa culinário na HBO Max, relembra momentos inusitados nos bastidores e entrega o que não gosta de comer

Redação Minha Novela Publicado quinta 11 novembro, 2021

Sandy lança seu programa culinário na HBO Max, relembra momentos inusitados nos bastidores e entrega o que não gosta de comer
Sandy no programa 'Sandy + Chef', da HBO Max - Reprodução / Instagram

A cantora Sandy se lançou de cabeça em um novo desafio na carreira: ser apresentadora de um programa de culinária. Nesta quinta-feira, 11/11, chegou à HBO Max o programa Sandy + Chef, que é a versão brasileira do Selena + Chef – protagonizado pela cantora e atriz Selena Gomez. A atração mostra Sandy aprendendo a fazer vários pratos com a orientação de chefs renomados por meio de uma chamada de vídeo. Ao seu lado, ela conta com convidados que fazem parte de sua família, incluindo o marido, Lucas Lima, o irmão, Junior Lima, e os pais, Xororó e Noely.

Em cada episódio, a estrela aprende um novo prato e se diverte na cozinha. "A experiência foi uma delícia, eu recebi esse convite muito inusitado. Eu amo programa de culinária, reality show de culinária, e nunca tinha me imaginado apresentando um programa de culinária. E aí falaram que era a versão brasileira do Selena + Chef e fui logo assistir. Eu adorei! Lógico que eu disse sim na hora, dei um jeito na agenda para caber tudo isso. A gente gravou tudo no final de julho e começo de agosto, foi um clima muito gostoso porque meus convidados eram todos da família, gente muito próxima, muito íntima. Eles foram me ajudar e eu fui me aventurar. Eu amei, foi um clima muito gosto nas gravações, eu aprendi muita coisa", disse ela. 

A cantora garantiu que adora cozinhar apesar de não ter muita prática com as panelas. "São raras as vezes que eu vou para a cozinha e quando eu vou é com muito prazer e muita alegria, mas eu sou um pouco estabanada, digamos assim. Como eu não tenho prática, eu não sei cortar direito as coisas, não sei quase nada. Eu tenho um pouco de intuição. Eu sei temperar, quando vou temperar, eu tenho mais ou menos uma noção, sempre que eu faço uma comida, as pessoas elogiam. Falam que está gostosa, eu fico feliz com isso. Eu tenho uma certa intuição para a gastronomia, mas prática é zero. Eles vão ver que realmente fui bem pateta em muitos momentos, aprendi um monte e quero aprender mais, lógico", declarou. 

Então, Sandy contou que deu opiniões na criação dos episódios, mas que o formato já estava bem certinho quando chegou para ela. "Eu dei algumas sugestões dos chefs que participariam. Inclusive, um deles eles acataram e já era a ideia deles também, que era a Paola Carosella, eu sou fã dela. Eles foram me mandando os roteiros, e eu tive que passar uma lista das coisas que eu não como também. E mesmo assim muitas coisas eu acabei experimentando, coisas que eu não costumo comer no meu dia a dia. Me permiti experimentar. Os roteiros iam chegando e eu dava a minha opinião. Eu fiz sugestões de coisas para perguntar para os chefes e tudo mais", relembrou. 

Inclusive, o dia de cozinhar com a chef Paola Carosella ficou marcado na memória de Sandy. "Eu estava com a expectativa grande com a Paola. Porque eu sei que ela é muito forte e exigente, apesar de ser muito simpática e querida. Eu estava um pouco nervosa para ser guiada por ela, mas ela foi maravilhosa. Ela teve paciência. A gravação nesse dia teve problema com a transmissão, é tudo feito online e tem a questão da internet. A gente estava com um aparato todo maravilhoso, mas acontece, é tudo imprevisivel. A gente teve problema na transmissão da internet, e a gente teve que esperar muito. Gerou um cansaço, foi uma diária longa de gravação, mas ela foi maravilhosa e ficou lá até o fim. Me ensinou, teve paciência comigo. Eu fui uma massa do zero, foi muito legal", afirmou.

A cantora contou que enfrentou desafios para preparar os pratos, como na hora de cortar a abóbora e até fatiar o peixe para o sashimi. E também teve que lidar com a distância. "O desafio maior foi fazer isso a distância mesmo. Porque quando a pessoa está do seu lado ensinando, você está olhando muito de perto. Você pode ver do ângulo que você quiser e a pessoa pode pegar na sua mão, pode te mostrar melhor ali. Pela tela, às vezes não dá para entender direito o que ele está fazendo, tem o delay. Foi um desafio enorme, eu saí super cansada de tensão, de ficar com medo de errar, medo de faca. Teve um dia que eu me cortei, cheguei a me queimar um dia, me cortei no outro, nada grave, tudo certo. Eu já esperava que isso acontecesse. Foi logo no começo, foi bom que batizou e já tirou da frente (risos)", contou ela. 

Sandy ainda contou que passou uma lista de suas restrições alimentares para a equipe antes do início das gravações. "Eu detesto pimentão e eu não como carnes estranhas. Principalmente frutos do mar, eu como peixe branco, camarão, lagosta, casquinha de siri... Eu não polvo, lula, mexilhão, ostra... todas as outras coisas, eu não como. Não passei por um perrengue muito grande no Sandy + Chef, só tive que comer o peixe de rio e deu certo", garantiu ela, que também não tolera comer alho na comida. "Eu também tenho bastante intolerância ao alho e não gosto de alho. Então foi um desafio para os chefs, coitados. Eu sou testemunha de que é possível comer comida boa sem alho e até sem cebola. Eu também não gosto de cebola, não faz muito bem para mim, mas em pequena quantidade, passa. Em casa, eu não uso cebola quase nunca e alho, nunca. Foi um desafio para eles. Mas foi legal. É bom ver as alternativas. Existem muitos sabores, muitas opções de temperos que a gente pode usar e deixar uma comida maravilhosa", relembrou. 

Por ser um programa de culinária que já existe no exterior, a cantora contou que viu alguns dos episódios de Selena Gomez e ficou surpresa ao perceber o quanto são diferentes. "Quando eu comecei as gravações, eu tinha visto pouquíssimos programas dela, tinha visto uns três só, porque não dava tempo. Quando eu acabei, eu tirei alguns dias de descanso e eu fiquei em um ritmo mais tranquilo, eu vi mais os programas. Eu acho que assisti todos e aí que eu fui me comparar. Nossa, ela tem outro ritmo, que pessoa calma que ela é, eu sou tão acelerada. Eu falo muito. E ela está plena. Acho que essa é a maior diferença entre nós. Ali no fazer, eu acho que foi mais ou menos compatível. Ela também tinha pouquíssima experiência e ela sendo ensinada por pessoas competentes, ela ia super bem também, conseguia ótimos resultados. Só o paladar dela que é diferente do meu, ela come muita pimenta e muito alho. Pimenta eu tenho pouquíssima resistência, e alho não posso de jeito nenhum. Ela ama pimentão, e tudo que eu não gosto, ela gosta", comentou. 

Por fim, ela avaliou a experiência. "Foi tudo muito gostoso, eu gostei do aprendizado no geral, eu gostei de aprender, de ter uma coisa a mais para oferecer para as pessoas. Eu quero que isso se torne um hobby constante mesmo, parece que eu ganhei um presente, um começo de uma habilidade a mais, de uma coisa a mais que eu poso oferecer para as pessoas que eu amo. Porque cozinhar é um gesto de amor. Para mim é muito isso que significa, eu ganhei uma coisa a mais", disse ela, e completou: "Sensação de missao cumprida, aquela sensação de consegui e deu certo, foi muito bom"

Último acesso: 06 Dec 2021 - 08:24:42 (1052237).