tv   / Contou tudo!

Marcos Mion revela que não podia mostrar suas tatuagens na Record TV

O apresentador, que possui a imagem de Nossa Senhora no braço, não tinha permissão de exibir a tatuagem nas gravações

Redação Minha Novela Publicado segunda 4 outubro, 2021

O apresentador, que possui a imagem de Nossa Senhora no braço, não tinha permissão de exibir a tatuagem nas gravações
Marcos Mion - Foto: Reprodução/ Instagram

Marcos Mion fez um pronunciamento nas redes sociais após causar uma polêmica por conta de suas tatuagens. O apresentador do Caldeirão havia celebrado que, desde que tatuou o braço por completo, este sábado, 02/10 apresentou o primeiro programa usando camiseta de mangas curtas.

A publicação causou um burburinho na web e o apresentador precisou explicar o motivo de não exibir os desenhos em seu antigo local de trabalho, a Record TV.

“Um assunto reverberou aqui no Twitter mais do que deveria e faço questão de deixar alguns pontos bem explicados, afinal se tem uma coisa que sinto é GRATIDÃO pela Record e não quero que chegue neles uma faísca do Twitter criada por interpretações maldosas”, iniciou.

Na sequência, o apresentador explicou que a questão de não poder usar camisas com mangas curtas na antiga emissora era devido às diretrizes da empresa, que não permitiam exibir tatuagem.

“Agora, eu não poder usar camiseta por conta da Nossa Senhora que tenho no antebraço é um fato. Não tem amargura ou ingratidão da minha parte! Eu sempre aceitei e respeitei a decisão deles! O problema era meu que tinha que me desculpar toda noite com Nossa Mãezinha, pedindo para ela me entender. Que, apesar da minha devoção, eu amava meu trabalho, todas as pessoas e o que a gente criava lá”, declarou. 

Assim, seguiu: “Eu citava Nossa Senhora por conta da minha crença e eles editavam por conta da crença deles. E TÁ TUDO CERTO! Quando me vi esse sábado de camiseta e Nossa Senhora em 1’ plano, me emocionei! Não critiquei a Record! Nunca. Isso foi faísca do Twitter”.

Por fim, ele destacou que o encerramento do contrato dele com a emissora foi uma decisão amigável: “Pra terminar: eu estou muito feliz, a Record está muito feliz! Foi uma “separação” feliz no final das contas”.

++ João Victor Menezes relembra como foi interpretar o Guebo

Último acesso: 17 Oct 2021 - 15:18:09 (1051993).